Vacilos que valeram deliciosa emoção
Por José Nilton Dalcim
9 de agosto de 2017 às 23:51

Apesar da falta de quatro top 10, ou quem sabe exatamente por causa disso, Montréal viu jogos emocionantes desde o primeiro dia e já virou lugar comum match points evitados e perdidos. Se algumas vezes o nível técnico nem foi tão espetacular, sobra emoção. E isso é tudo o que o público gosta de ver.

Quatro jogos foram particularmente interessantes nestes três dias, a começar pela derrota de Rogerinho Silva para Denis Shapovalov da terça-feira. No final da noite, vimos a incrível vacilada de Dominic Thiem e o espetacular espírito guerreiro do baixinho Diego Schwartzman.

Gael Monfils repetiu a façanha contra Kei Nishikori nesta quarta-feira. O japonês tinha o jogo na mão, deixou para depois e aí Monfils imitou Shapovalov e salvou match points com jogadas arrojadas e sensacionais. Deixou o estádio inteirinho de pé num lance de incrível qualidade. Por fim, Alexander Zverev e Richard Gasquet fizeram todo mundo perder o fôlego com sua entrega. O francês conseguiu reagir com o alemão no saque e 40-0. Depois Zverev encarou seus três match points e foi notavelmente frio, inclusive num ponto tão longo e cansativo que Gasquet se pôs a dar slice de forehand, já sem pernas.

Ampliando as surpresas, Adrian Mannarino fez mais aces do que Milos Raonic, num resultado tão inesperado quanto o placar, ao passo que Heyong Chung aproveitou um David Goffin ainda sem ritmo. E Shapovalov, bem menos afoito, pareceu um veterano diante de Juan Martin del Potro, este sim apressado e irregular.

Enquanto isso, Rafael Nadal e Roger Federer ratificaram por que são os grandes nomes da temporada. Claro, os adversários mostraram fragilidade, mas é preciso enxergar como os dois não tomaram conhecimento do tal piso lento de Montréal e bateram com vontade na bola. Nadal deu winners dos dois lados, sufocando Borna Coric, e Federer abusou dos voleios precisos e do ritmo frenético em cima de Peter Polansky.

As oitavas de final têm um pouco de tudo, com atenção maior para o reencontro entre Zverev e Nick Kyrgios e o curioso duelo de canhotos entre Nadal e Shapovalov. É bom lembrar que Zverev e Kyrgios são os grandes candidatos a cruzar com Rafa nas semifinais.

Mas há espaço para grandes novidades, o que tem sido raro nos Masters: Schwartzman ou Donaldson, Chung ou Mannarino estarão nas quartas. E para uma das maiores freguesias das quadras, os 16 a 0 de Federer sobre um reanimado David Ferrer. Divirtam-se.


Comentários
  1. Rafael

    Mas nem sei o que o Rodrigo escreveu no post em que reclamou da edição, então tenho mais é que continuar quieto.

    No entanto, apesar de estar exagerando já há um bom tempo (ele mesmo admitiu isso lá atrás, quando disse que resolveu tocar o fod%-se) e estar praticamente irreconhecível, a ponto de não dar pra saber se a primeira fase do Rodrigo que eu acompanhei é a mais real ou se a mais real é essa de uns tempos pra cá. se ele fosse o único, tava bom.

    Rodrigo, não sou ninguém pra te dizer nada, mas acho que vc precisa dar uma relaxada. Não diria isso se não soubesse que vc é BEM MELHOR do que vem mostrando ultimamente.

    Como de costume, vou dar crédito ao Dalcim, que costuma mostrar que não faz nada ao acaso ou arbitrariamente.

    Responder
  2. Rodrigo S. Cruz

    Dalcim,

    Com todo respeito.

    Nunca questionei qualquer edição que vc já tenha feito de algo que eu escrevo.

    Mas editar o simples adjetivo “medíocre” que eu tinha escrito pro Nadal?

    Aí também já é demais.

    Desse jeito nos aproximamos da censura do período militar…

    Responder
  3. Ulisses Gutierrez

    Dalcim,

    não compreendo como um multicampeão como o Nadal joga recendo o saque do adversário a 3 – 4 metros da linha de base. Lamentável. Independente de ser torcedor do Federer, acho q todos concordamos que fato ele merece ser número 1. Até um garoto de 18 anos, q ainda esta iniciando no circuito sabe q o público gosta de agressividade. Caramba 49 bolas vencedoras, contra somente 18 do espanhol. Me perdoe, Dalcim ou qq outro torcedor do Nadal, bai ser passivo assim lá na ………….. Paciência. Roger número 1.

    Responder
  4. Daniel

    Soninha, parece que faltou vitamina hoje pro Armstrong… E aí foi presa pro adolescente Shapovalov. Enquanto isso, o Craque venceu jogando mal, como de espera de um grande campeão. Nunca Serão, Sônia! Kkkkkkk

    Responder
    1. JANAINA M DIAS

      Foi só “shapoletada” no Nadal, coitado.. Kk
      Mas o jogo foi bom, disputado e com jogadas incríveis.. Esse moleque vai dar trabalho..

      Responder
  5. José Eduardo Pessanha

    Muito bom ver que a renovação no tênis vem com tudo e que todos esses caras seguem a cartilha do Craque, e não a do horroroso maratênis. 49 winners a 18 pra Shapovalov. E, só pra constar, Nadal acabou. Definitivamente. kkkk
    Abs

    Responder
  6. O LÓGICO

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    O R-afina, kkkkk, afinou novamente na hora H, kkkkkkkkkkk Vejam a diferença de winners
    e me digam se o robozinho é ou não é um tenista medíocre e COVARDÃO kkkkk, que
    agora virou CAGÃO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Mas as nadalzetes continuam a delirar e achar que ele pode ser N1 kkkkkkkkkkkkkk
    A VOVÓ ALICE DEVE TÁ SE REVIRANDO NO TÚMULO DE TANTO ÓDIO KKKKKKKKKKK
    CHUPA QUE É DE UVA ROBOZETES, NUNCA SERÃO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Responder
  7. João ando

    Ja o Roger …ele passa que vai ganhar o hora que quiser por pior que esteja a partida para ele…por isso que ele e o maior de todos os tempos superando o rod laver. ..

    Responder
  8. João ando

    A impressão que passa e que o Denis no final perde para o Nadal. …para ganhar do Nadal tem que ter muitos winners…mas o gartoto so tem 18 anos

    Responder
  9. Rodrigo S. Cruz

    Meu Deus do Céu!

    Isto é uma humilhação pública.

    O Shapovalov está literalmente fazendo o Nadal desfilar na quadra de TRAJES MENORES…

    É tanta bola vencedora e tanto ace na cara do “medíocraço” que o está deixando fora de órbita!

    Ai dele, se não arrumar uma maneira de vencer o imberbe…

    Responder
  10. Rodrigo S. Cruz

    Começou a shapovalov-mania!

    Apenas 2 x 1 do terceiro set , e o pirralho já fez 33 winners, contra apenas 11 do Robolito!

    Nem sei como o Nadal consegue ter fãs.

    O sujeitinho MEDÍOCRE!

    Independente se vai conseguir ganhar ou não, o espanhol está sendo humilhado.

    O vencedor moral da partida já é o Shapovalov…

    Responder
  11. Luiz Fernando

    Que segundo set mediocre do Rafa, parecia aqueles jogos de 2015-2016, acuado, bolas curtas, uma piada de mau gosto. Vai ter q melhorar muito no terceiro.

    Responder
  12. Sérgio Ribeiro

    Os Torcedores vão da euforia a depressão como se fosse futebol. Alguns experientes que mandaram entregar logo o Caneco a Nadal no AOPEN , já entreram Postando o famoso quem vai parar Federer e Nadal ? . Isso afirmando primeiro que o Suíço chegaria sem a famosa “falta de ritmo” no Canadá. Ambos jogaram contra ” ninguém” na primeira rodada. E quem quis terminar correndo foi o Suíço ( 58 min) . Quando percebeu que tinha deixado o Backhand de férias na Sardenha onde estava , e que Ferrer estava indo para o tudo ou nada, tratou de se utilizar dos Planos A , B , C … Mesmo com toda a lentidão do Piso , o Espanhol o viu na rede quase 30 vezes. Gastou todos os erros de Back que podia. Mas manteve a freguesia. Preocupante ? Acredito que já veremos melhoras contra Bautista. Assim espero rs. E a enésima lesão do Super Talentoso Kyrgios não tirou os méritos do ” apenas” Talentoso Zverev . Deve rever Rafa Nadal nas Semis. Abs!

    Responder
  13. Luiz Fernando

    Esta certo que o Kyrgios esta bem meia boca fisicamente, mas não ha como não admirar o nível de jg do Zverev. Me parece melhor a cada dia, com confiança em alta, se mantiver esse nível de jg ate o final pode ate ir a final com chances de titulo.

    Responder
  14. Renato

    Kyrgios joga muito tênis! Uma pena que não se dedique a carreira. Acho que o desleixo com o profissionalismo acaba causando as contusões. O cara deve ir pra balada, comer porcariada, treinar pouco e etc. Tênis ele tem mais que Nadal, Murray, Novak….com certeza! Zverev também é muito bom. Se continuar evoluindo tem tudo pra vencer cinco ou mais slam e ser número 1 do mundo.

    Responder
  15. Luis

    Dalcim o Deus Federer venceu Federer e’ um exemplo lutou,Federer perde um Set desde Stuttgart rs,altos e baixos do Suico acho que enfrenta Baustista,grande chance do Federer chegar na semi Montreal,Go Federer rs

    Responder
  16. Sônia

    Dalcim, inacreditável a quantidade de erros que o Lindinho cometeu, será que foi em outro show ontem a noite? Não duvido nadinha que ELE esqueceu o backhand no vestiário. Inacreditavelmente, mesmo assim, o “elétrico” espanhol não aproveitou a oportunidade, tadinho. O Zé Ramalho, ops… o técnico do “elétrico” espanhol deve estar muito chateado. Beijos.

    Responder
  17. O LÓGICO

    O Rei é impressionante kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Mesmo no ritmo MEIA-MOLE-MEIA-DURA kkkkkkk consegue vencer os discípulos do robozinho das trevas kkkkkkkkkkkkk Eu até estava torcendo pelo torneiro mecânico, só pra ver se as nadalzetes voltariam para o blog – principalmente a finada Vovó Alice kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Responder
  18. Renato

    23 erros não forçados de backhand! 😦😡😨 Hoje foi típico dos piores momentos de Roger com a esquerda. Cada jogo é um jogo, mas se fosse Nadal do outro lado da quadra , seria um duplo 6/2 sendo bem otimista.

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Pois é. Federer naturalmente protege o lado esquerdo e gosta muito de fugir para bater com o forehand. E isso necessariamente abre um buraco no lado direito.

      Responder
  19. Sônia

    Dalcim, muitos acreditam que Monfils poderia ter conquistado muito mais títulos em sua carreira devido ao seu talento. Pois bem, observando o jogo de hoje (a insistência do francês em efetuar passadas na paralela e não percebendo que o espanhol já havia “marcado” essa jogada), percebemos que o problema do francês é a limitação em fazer a leitura do jogo. Por isso, o pobre francês sofre e muito em seus jogos. Haja físico, pois quando a cabeça não raciocina, o corpicho padece. Beijos.

    Responder
  20. Marcio

    Que jogo mais sofrível, ridículo esse do agut e monfils… Um vai ter que ganhar pq não pode dar empate, nivelado por baixo, ridículo. Fraco.

    Responder
  21. Arthur

    Raonic, Nishikori e Goffin rodando logo na primeira partida.
    Todos integrantes da Geração Perdida do tênis.
    Coincidência?!! ACHO QUE NÃO!!! Kkk

    Um abraço.

    Responder
  22. Marcio

    Agora a surra que Federer e Nadal deram em seus oponentes é algo assustador!!
    Nesse sentido principalmente o FEDERER, o cara com 36 anos pegar alguém e surrar desse jeito é uma loucura, claro, são os grandes vencedores dos torneios no ano, mas mesmo assim, que diferença abissal.
    Não se ve disso em outros esportes.
    Podem vir a perder depois, o que é normal, mas esse tipo de jogo ficará na memoria dos apreciadores do tenis, como massacravam oponentes enquanto que outros sofrem para ganhar no inicio dos torneios.
    Legal!

    Responder
  23. Sônia

    Dalcim, voce acredita nos “rumores” dos bastidores? Eu acredito. Acredita que aqui se faz aqui se paga? Eu acredito. Acredita que o ser com “físico privilegiado” será desmascarado um dia? Eu acredito (rsrsrsrsrs). By the way, percebeu a encorpada? Que nojinho, a pergunta que fica… até quando aceitarão isso? O ser com 32, 33, 34, 35 anos… com um estilo de jogo totalmente dependente do físico, correndo como uma lebre, argh argh argh. Realmente entendo o motivo de muitos tenistas desistirem desse torneio. Beijos.

    Responder
    1. julio

      QUANTA MALDADE EM SEU CORAÇÃO SONIA, O IDEAL SERIA VC PEDIR CLEMENCIA PARA ELE PARA QUE VC TAMBÉM RECEBESSE CLEMENCIA, POIS COM A MESMA MEDIDA QUE PEDIMOS JUSTIÇA SEREMOS JULGADOS

      Responder
      1. Sônia

        Julio, ciente que também serei julgada, mas como Martin Luther King disse, o que me preocupa não é o grito dos maus e sim o “silêncio” dos bons. Beijos.

        Responder
      1. Rafael Brasiliense

        Chegou o chato do politicamente correto que não consegue ler aquilo que não o agrada e pede para o comentário ser censurado porque fica magoado quando lê o que não concorda ou o que acha errado. Bem vindo ao mundo, Lucas. Aqui no planeta Terra, no mundo real, as coisas são assim mesmo. Tudo o que lhe resta é aprender a lidar – leia-se ignorar e parar de choramingar.

        Responder
      2. O LÓGICO

        Lucas nadalzete, vai protestar na Paulista com a camisa do robozinho kkkkkkkk
        Tenho certeza que toda a torcida do facebook dele vai aparecer – a geração y e z kkkkkkkk

        Responder
  24. Bruno Costa

    Dalcim, mudando de assunto… o calendário feito pela equipe da Bia Hadd Maia para os torneios da quadra dura causa surpresa? Acha que ela vacilou ao optar por não jogar mais torneios?

    Responder
      1. Pieter

        Coitado do Berdych. Acho-o um tenista talentoso, seu problema é a falta de variação em seu jogo.
        Mas é bom de vê-lo jogar, tem golpes poderosos.

        Responder
  25. Chetnik

    Vi a parte final do jogo do Nishikori. Esse cara é uma vergonha. Jogador mais ridículo e patético da história. Japonês mais frouxo que já existiu. Não sei como alguém consegue torcer por ele.

    Responder
    1. Rodrigo S. Cruz

      Nossa, Chetnik.

      Que exagero!

      O tênis está repleto de exemplos de jogos, em que o favorito perdeu por mero vacilo…

      Vc não viu por exemplo o Federer perder um jogo ganho no início do ano contra um pangaré? E foi num tie-break também.

      E assim como ele, quase todo mundo já passou por isso um dia. O Guga, o Sampras, o Safin…

      Coisa absolutamente normal…

      O que não pode é fazer isso toda hora.

      Responder
      1. Chetnik

        O Federer tem 19 GS, ele pode perde 100 jogos assim que tem crédito rs.

        E não tô falando de ser favorito, tô falando das circunstâncias do jogo. Vi que ele sacou o pra fechar o jogo no terceiro set, ouvi que sacou também pra fechar o segundo, e vi o tie break que ele teve quatro match points seguidos, kkkkk. E outra, o Nishikori tem currículo vasto de vergonheira…

        PS: Um dos match points perdidos foi um pontaço.

        Responder
  26. Mario Cesar Rodrigues

    Caro Dalcim ás vezes vejo 3 jogos de uma vez só estava prestando atenção na Stephens e não sei não viu…talvez engordou um pouco ou o modelito que estava usando mas deu toda cara que parece eu tenho a impressão que pode estar Grávida!Mas talvez foi só impressão!

    Responder
  27. Nando

    Parece q teremos mto em breve, Zverev no top 5…e o jogo do Rei foi rápido, mas serviu pra pegar um pouco de ritmo e calibrar os golpes, mtos voleios, mesmo nessa quadra lenta.
    O espanhol é o favorito, mas o Rei vai quietinho, comendo pelas beiradas (assim como nos outros torneios).

    Responder
  28. Sérgio Ribeiro

    Rafa Nadal e o Craque fizeram um treino leve de dois toques rs…você perder 3 MatchPoints em seu Serviço e depois salvar 3 sendo o último com 49 trocas ( não me lembro igual ) , somente demonstra onde pode ir Alexander Zverev. E ao mesmo tempo Kyrgios jogando muito. Jogo imperdível amanhã. E Rafa Nadal que fique atento a ele …Abs!

    Responder
  29. Rafael Wuthrich

    Que loucura esse Masters de Montreal. Enquanto Federer e Nadal sobram, o restante briga como ratos pelas migalhas.

    Thiem deu um vacilo enorme, mesmo tendo feito jogadas espetaculares, e perdeu grande oportunidade. Loas a Diego Schwwartzman, que nunca deixou de acreditar. O austríaco ainda vai ganhar um Grand Slam, mas precisa aprender a matar as partidas. Já é o terceiro torneio em que tem o jogo na mão e o joga fora. Precisa urgentemente ajustar o mental nesses momentos.

    Sobre Zverev x Kyrgios Parte 3, ansioso pelo jogaço. Ja possuem clara rivalidade e, embora em momentos distintos na temporada, mostram porque todos dizem que será o futuro pós big 4. Kyrgios vem de lesões, mas é tecnicamente e mentalmente superior; Zverev vem oscilando desde a grama, e mesmo com o título em Washington ainda não me passa confiança, embora esteja em melhor momento. Imperdível.

    Decepções mesmo foram Raonic e Nishikori. Que bizarro o canadense. Um ace na partida toda, e muito pressionado mesmo jogando com o 1o saque. Parece ter regredido em relação a 2016, e sem solução. Carlos Moyá está fazendo falta. Já o japonês é uma decepção a cada torneio. Falta de vigor físico para jogos longos, lapsos mentais, inconsistência técnica: um mar de problemas. E sem solução. Mesmo contra um Gael Monfils preguiçoso a maior parte do tempo, o japonês não conseguiu ganhar. Impressiona sua estagnação. Arrisca a ser novo jogador mediano no ranking.

    Sobre Federer e Nadal, pouco a acrescentar. Tiveram o mesmo exato desempenho: atropelaram, sofreram apenas em 1 game sacando no final, mas sem sofrer quebras, e se adaptaram bem no retorno pós Wimbledon e 2 semanas de inatividade. Tem tudo pra decidirem mais esse torneio.

    Responder
    1. José Eduardo Pessanha

      Wuthrich,

      Bom comentário, como sempre. Discordo, claramente, quanto a Thiem ganhar GS. E discordo mais ainda quanto ao Kyrgios. Kyrgios não tem 1% do mental do Zverev. Deve ganhar, pois está bem descansado do que o garoto alemão. Abs.

      Responder
    1. José Eduardo Pessanha

      Rafael, Tsonga perdeu até pro Monteiro e está jogando bem menos do que o Querrey. Goffin apanha de todo mundo. Thiem é o velho superesTHIEMado de sempre. Delpo não tem mais confiança no backhand. Raonic é fraco em pisos lentos. O japa tem o mental fraco e o restante são apenas bons jogadores. Não vi nenhuma zebra aí. rs
      Abs

      Responder
  30. Renato

    Dalcim, convenhamos, Coric não tem potência nenhuma nos golpes. Também não tem saque e variação. Não da para acreditar que ele venceu duas vezes o espanhol. E não vai ser amanhã que Ferrer vai vencer o Federer. Rs

    Responder
    1. Pieter

      De fato, se o Coric não desenvolver um jogo mais agressivo não vejo evolução dele frente aos tops.
      Ficar trocando bolas no fundo não é mais realista no tênis de hoje.
      Não vi a menor chance dele vencer o Nadal ontem.

      Responder
  31. Marcos RJ

    Vacilos que valeram uma deliciosa gozacao: a reportagem sobre o jogo de Raonic no Canada diz que… “a mais recente (derrota de Raonic na estreia) aconteceu em 2015, em duelo de sacadores contra MILOS RAONIC”. Rsssss

    Responder
  32. Luis

    Dalcim a Maior surpresa do Torneio de Montreal acho o Shapovalov muito legal como disse Venancio Sportv a Atitute de Querer ganhar mesmo com Favirito do outro lado da Quadra e’ dificil vencer Nadal mas Com essa Atitude tem uma pequena chance com apoio da torcida rs,o que acha? Federer treinou na estreia e’ muito Legal ver Suico indo a rede parece brincando no fim de semana rs,Tem caminho tranquilo ate uma final em Montreal ,Federer disse que parece que faz uma era que venceu os 2 Masters no comeco do Ano rs,se mantiver Motivado pode ganhar mais alguns e continuar 2017 incrivel e quem sabe US Open…. rs

    Responder
      1. Pieter

        Posso deduzir que, em uma hipotética e ainda bem distante final em Montreal, você consideraria o Nadal favorito frente ao Federer, Dalcim?
        Em quais probabilidades percentuais?

        Responder
      2. Samuel Tiago

        Caro Dalcim acompanho seu blog e gosto muito dos seus comentários… até gostaria de entrar no grupo de wattsapp. Enfim como fan de Federer/Djoko. Não acho nessa temporada Nadal favorito sobre Federer, pode até vencer, pra mim ambos favoritos aos títulos. Mas são 3 derrotas seguidas esse ano. Australiam opem, Indiam Wells e Miami. O retrospecto geral e todo favorável ao espanhol, mas acredito num jogo sem favoritos nos masters, agora no usopem aí já acho Nadal favorito ao título por ser 3 sets e as partidas serem bem longas Nadal é muito forte no físico, talvez o mais forte do circuito nesse quesito. Vejamos o que teremos domingo. De todo jeito feliz em ver os dois dominando o circuito!!! 👏🏼👏🏼

        Responder
      3. Samuel Tiago

        Pois é Dalcim tá aí a irregularidade do Nada! Quando pressionado volta a jogar como se estivesse no saibro por mais lenta que seja a quadra de Montreal é mais rápida que o Saibro Nadal é incrível no saibro mas rápidas ele é forte mas instável … vide Indian Wells perdeu nas oitavas também! Favoritos Federer Zverev e esse Shapovalov correndo por fora…

        Responder
    1. Mario Cesar Rodrigues

      Toma,este cara queFederer jogou já vi jogo dele ao vivo é um perna de pau,não vai querer comparar este perna de pau comCoriceShapolovocoitado Rafa vai triturar ele,e que venha Zverev,Kyrgios quem for!O Francês jogou muito e vem este ano jogando melhor abaixa angulada a bolae matava o Raonic que está ladeira abaixo!

      Responder
  33. Hugo

    Dalcim,

    Acabei de assistir Vekcic x Kerber.Ótimo jogo.A croata evoluiu muito desde o ano passado.Quais aspectos do jogo nos quais vc acha que ela melhorou?
    Obrigado.

    Responder
    1. José Nilton Dalcim

      Puxa, eu só assisti aos últimos games desse jogo, Hugo, então difícil falar algo. Mas me pareceu mais consistente e paciente para trabalhar os pontos.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *